blog eli

Cinco tradições diferentes de casamentos

É muito divertido e interessante em saber que as tradições de casamentos são infinitas! Selecionamos cinco costumes que se você quiser, pode adicionar no seu casamento!

– México: A noiva entra com dois buquês

A padroeira do país é a Nossa Senhora de Guadalupe e por isso, no casamento, a noiva entra carregando dois buquês, um para ela e o outro para ser oferecido à santa para que o casamento seja abençoado. No final da cerimônia, a noiva deixa as flores no altar da igreja e faz uma oração em agradecimento.

– Itália: Torre de profiteróles

Já pensou que, no lugar do bolo tradicional, ter uma torre de profiteroles? Esse é o costume dos italianos! Eles costumam decorar a mesa com uma torre cônica de profiteroles recheados, decorados com frutas e com as demais coberturas e tipos de nozes. Lá, a criatividade é sem limites!

– Argentina: Bolo com fitas

Na Argentina, a cerimônia do bolo de fitas substitui o ato de jogar o buquê. As fitas brancas ou coloridas são amarradas em pingentes, brincos e anéis e depois inseridas no bolo e apenas uma dessas fita contém uma aliança! No momento em que os noivos cortam o bolo, eles chamam as solteiras para puxarem as fitas ao mesmo tempo e quem achar a com a aliança, será a próxima a casar!

– Polônia: Dança do dinheiro

Você conhece o nosso costume nas festas em “cortar a gravata” para coletar dinheiro para a lua de mel? Pois bem, a versão polonesa é mais ou menos parecida. Na Polônia, os convidados “compram” danças com a noiva. Dançando Polka, os convidados formam um círculo e balançam lenços brancos sinalizando boa sorte aos noivos. Quando a noiva acaba de percorrer toda a roda, o círculo se fecha e o noivo precisa furar o bloqueio para chegar até a noiva e torna-la para si.

– Filipinas: Voo dos pombos

Os noivos costumam soltar dois pombos treinados no ar, um macho e uma fêmea – eles são retirados da gaiola e têm os bicos aproximados para simular um beijo e então são liberados. O ato representa uma vida conjugal harmoniosa e duradoura, e acontece normalmente após o banquete, por questões de higiene.

Você conhece alguma tradição de outro país? Conte pra gente!

Fonte: casar.com

Deixe uma resposta