elianefaria-3

Anel de compromisso: conheça a história do símbolo

Segundo uma tradição chinesa, o uso da aliança no quarto dedo da mão esquerda é porque os dedos são os únicos que não se separam… Quer entender melhor? Ao juntar uma mão à outra com os dedos retos, como se faz para rezar, e dobrando para dentro os dedos do meio, de modo a unir firmemente as palmas das mãos, é possível separar todos os dedos, menos os dedos da aliança.

De acordo com eles, cada dedo da mão é a representação de um membro da família: os pais são os polegares, os irmãos os indicadores, os médios representam você, o seu companheiro (a) são os anelares e os filhos são os mínimos. Na posição de junção de mãos, os polegares podem ser separados, pois ao se casar, você separa-se de seus pais. Os irmãos e os filhos, um dia, também se separarão de você, pois se casarão e terão suas próprias famílias. Os indicadores e o dedos mínimos também podem se separar. Mas o quarto dedo, o anelar, onde estão as alianças, não se separam… E isso é a simbologia da união indissolúvel do casal.

E para realizar seu casamento, o momento tão esperado para a troca dessas alianças, contate a chef Eliane Faria. Ela é especialista em festas e casamentos e pode ajudar no orçamento e na definição do cardápio.  Conheça nossos serviços e faça um orçamento com Eliane & Faria: e-mail: contato@chefelianefaria.com.br ou telefones 41 – 8502-2715 | Fone: 41 – 3152-2715.

Deixe uma resposta